Europa 2014: Dia 12 – Frankfurt + Compras

Último post sobre a viagem ): Como esse dia foi bem curto, resolvi juntar  o post de hoje com outro tema: compras na Europa. Vamos começar?

O último dia em Frankfurt foi livre, mas não podíamos fazer muitas coisas porque a tarde iríamos pegar o taxi para o aeroporto. Como as malas já estavam quase prontas, resolvemos conhecer um pouco o centro da cidade. Como eu já disse anteriormente, Frankfurt é bem moderna. A rua que fomos era cheia de lojas, restaurantes e muitas pessoas. Compramos algumas coisas e almoçamos em um restaurante típico alemão. Comi todas as carnes de porco que existem e saí de lá maravilhada. Voltamos para o hotel, pegamos nossas malas e fomos para o aeroporto de Frankfurt, com voo direto para o Brasil.

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Compras na Europa

Bem, resolvi falar sobre esse tema aqui no blog porque muitas pessoas já me perguntaram isso. Se é caro, se é barato, o que dá pra comprar, o que não vale a pena… enfim, vou falar um pouco da minha experiência aqui.

Invista em:

– Lojas de departamento e brechós

Imagem

Diferente dos Estados Unidos que comprar uma roupa na GAP é bem barato, na Europa a coisa muda um pouco. As roupas “de marca” não valem tanto a pena no continente europeu. Se eu comprei roupa? Comprei sim! Mas investi em lojas como Forever 21, H&M e Primark, que possuem precinhos bem amigos e uma grande variedade de produtos. As lojas de rua e os brechós também valem a pena, desde que você tenha a paciência de sair garimpando por aí. Como eu fui no inverno, as blusas, jaquetas e sobretudos estavam bem em conta, muito mais em conta que no Brasil. Então dá pra comprar sim, é só saber aonde.

– Souvenirs e produtos locais

Imagem

Se tem uma coisa que eu acho extremamente válida em gastar dinheiro em viagens são as famosas “lembrancinhas”, tanto para você quanto para os amigos. Quem não quer ir para Paris e trazer uma miniatura da Torre? Acho no mínimo injusto não trazer! Imãs de geladeira, miniaturas, chaveiros, camisetas… Vale de tudo!  E em lojinhas de rua é ainda mais barato. Além dessas coisas, produtos especiais do país também devem ser levados em consideração. Por exemplo: ir para a Bélgica e não comprar um chocolate belga? Inadmissível! Então, não deixe de levar um dinheiro extra para essas coisas.

– Passeios e restaurantes

Imagem

Se tem uma coisa que vale a pena gastar na Europa são os passeios e a comida. Deixar de ir em um museu super famoso, a uma igreja conhecida mundialmente ou a um show local porque não quer gastar dinheiro é muito ruim. O ponto positivo da Europa é a sua cultura diversificada, então se não quiser aproveitar isso, nem vale a pena ir. Nem tudo é pago, mas diversos passeios são. Não trata-se de um valor absurdo, mas mesmo assim muita gente se recusa a pagar. Não façam isso, aproveitem ao máximo! Isso inclui a comida. Não deixe de provar os sabores locais e aproveitar ainda mais a sua viagem. Portanto, lembrem-se: se for viajar para a Europa, separe um dinheiro especial para esses passeios.

– CDS e DVDs

Imagem

Vocês conhecem a HMV? É uma famosa loja de CDs inglesa, uma das únicas que ainda sobrevive nesses tempos de músicas online. Fui na de Londres, uma das mais antigas que existe, e posso dizer que meu pai fez a festa! Eu só comprei um CD da Lana Del Rey, mas estava cheio de promoções bem legais. O preço dos CDs é bem parecido com os daqui, mas lá encontramos algumas versões que não existem no Brasil, o que faz valer a pena.

O que não vale a pena investir:

– Eletrônicos

Admito que não estava muito interessada em eletrônicos, mas se vocês querem comprar esse tipo de produto, viajem para a América do Norte! Os preços não são tão amigáveis na Europa.

– Cosméticos

Sim queridos, esqueçam seu sonho de comprar um perfume francês na França. O preço é tão caro que é quase igual ao do Brasil. Não compensa em nada. Claro que o perfume na França tem um diferencial: o perfume deles é um pouco mais forte pela sua diferente composição, ficando mais tempo na pele. Mesmo assim, eu não acho que compense. Achei os cosméticos em geral meio caros, até dá para comprar uma coisa ou outra, mas não dá para fazer extravagâncias. Achei a loja da L’Occitane em Paris com um preço legal, é uma das únicas que recomendo.

– Roupas, bolsas e sapatos

Não gente, eu não sou louca. Eu sei que falei lá em cima que vale a pena comprar essas coisas, mas lembrem-se: em lojas de departamento, brechós ou algumas lojas locais. Quem já foi para os EUA e está acostumado a sair dos outlets com milhares de sacolas de lojas “caras no Brasil” não terá a mesma experiência na Europa. Você consegue sim garimpar algumas coisas, mas nada em exagero.

Dica bônus: não se esqueçam do nosso querido Freeshop! Nessa última viagem achei o freeshop do Brasil muito bom na volta, apesar de sentir muita a falta da MAC (o que fizeram com ela?? #ChoreiUmPouco). Esse é lugar para comprar perfumes, cosméticos, bebidas, eletrônicos, chocolates, tudo com um preço bem melhor do que nazeuropa. E o legal é que você pode encomendar seu produto pela internet e só pegar na hora. Mas não se esqueçam: o limite é de 500 dolares, então, não exagerem!

Imagem

Bom gente, em resumo é isso. Viajar para a Europa é sempre mais caro principalmente pela moeda. Mas lembre-se: não dá para ficar convertendo tudo, se não você acaba não fazendo absolutamente nada. Algumas coisas deve-se sim analisar o preço em real e o preço em euro, mas não vá fazer isso com um lanche no Mc Donalds né? Por favor. Espero que tenham gostado das dicas, qualquer dúvida, deixem um comentário. Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s