Europa 2014: Dia 3 – Paris

O terceiro dia em Paris na verdade não começou em Paris. Logo cedo pegamos o ônibus com destino a Versalhes. Para quem estiver por conta própria, você consegue ir facilmente de trem. O dia não estava dos melhores, o frio e a garoa não queriam dar trégua.  E assim que chegamos em Versalhes pude constatar uma coisa: COMO VENTA NAQUELE LUGAR! Juro, eu quase fui levada várias vezes.

OBS: não é a toa que venta muito lá. Paris já venta muito normalmente, Versalhes por ser mais aberto venta ainda mais.

Mas enfim, o que dizer sobre o incrível Palácio? Bom, tudo é absurdamente absurdo! Quer dizer, é tanta extravagância que você nem consegue acreditar que pessoas realmente moravam ali. Em Versalhes, vai a mesma dica do Louvre, mas agora com mais ênfase: sempre olhe para cima! Os tetos são de deixar qualquer um boquiaberto.

Imagem

Relaxa que eu nem fiquei minúscula ao lado desse portão. 

Imagem

Sim, é um teto. 

Imagem

Comparem o tamanho das pessoas com o tamanho do quadro. Agora vocês entendem o que eu quis dizer com extravagância? 

Imagem

Mãe, quero meu quarto assim! (só que não MESMO).

Imagem

A parte interna do palácio que mais me impressionou foi, sem dúvida, a Galeria dos Espelhos. Não da pra explicar com palavras, apenas olhe a foto:

Imagem

Os jardins são igualmente maravilhosos, mas infelizmente não conseguimos ver muita coisa pelo motivo de garoa/vento. Vimos a parte mais superficial, mas ouvi dizer que o jardim é imenso… Então a dica para quem for num clima mais agradável: lembre-se que sempre tem a viagem de volta! Então cuidado para não andar muito e depois ter que voltar tuuuuudo de novo. Hahahaha

Imagem

Imagem

Imagem

Uma coisa que faltou MUITO no meu passeio foi visitar os domínios de Maria Antonieta (de novo, por causa do tempo). Eu amo o filme e ele foi todo gravado no próprio palácio, então tá aí mais um motivo para eu voltar! (e dessa vez num clima melhor, por favor).

Voltando para Paris fomos visitar umas das partes mais históricas da cidade. Passamos pelo Quartier Latin (Bairro Latino), um lugar muito conhecido pelos restaurantes, pela simpatia das pessoas e por ter abrigado vários estudantes. E, logo ao lado, vimos a grandiosa Catedral de Notre Dame. Se você já assistiu a animação da Disney “O Corcunda de Notre Dame” vai se impressionar com tamanha semelhança. As gárgulas, os vitrais, tudo é muito parecido. E por ser uma das catedrais mais antigas, possui também muita história. Não se deixe intimidar pela fila de entrada, ela anda bem rápido e vale muito a pena! Ela é linda por fora, mas por dentro é mais ainda.

Imagem

Quartier Latin: ruas estreitas cheias de restaurantes baratos e muitas lojas de bugigangas! 

Imagem

Notre Dame: absoluta! (não tinha coisa melhor pra falar)

Imagem

Imagem

Km 0 de Paris. 

Imagem

Amiguinho do Quasímodo. 

Imagem

Depois de conhecermos a catedral, quando já era mais para o final da tarde, fomos fazer um passeio de barco pelo rio Sena. Apesar do vento, fiquei a maior parte do passeio na parte de cima do barco, onde é aberto. Um lindo passeio, também recomendo muito! Dá pra ir sentado tanto no coberto quanto no descoberto, vai da sua escolha. Além disso, haviam pessoas que falavam em umas 10 línguas (incluindo o português) explicando o que era aquilo que você via.

Imagem

 

Imagem

Imagem

O melhor desse passeio foi a surpresa no final: um lindo arco-íris do lado da Torre! Me diz se não parece cena de filme? 😉

Imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s