Europa 2014: Dia 1 – Paris

Acho que pedir desculpas pelo meu sumiço não é o suficiente… Tinha até pensado em abandonar o blog, mas mudei de idéia, afinal, por que terminar uma coisa que eu gosto tanto? E ainda mais agora que tenho tanto material (:

Pois bem, chega de ladainha e vamos para o que interessa: diário de viagem!

Como a maioria deve saber, em fevereiro realizei um grande sonho: ir para a Europa. Fiz uma viagem de duas semanas com a minha família por 5 paises europeus e pretendo contá-la detalhadamente aqui para vocês.

 

Depois de quase 12 horas de vôo, chegamos em Frankfurt, Alemanha. Mas aquela não seria nossa parada final, pois pegamos um outro vôo com destino a Paris. Deixa que eu explico: nós voamos com a companhia aérea Lufthansa, que é alemã (muito boa, super recomendo) e o terminal deles é em Frankfurt, por isso demos essa “volta”. Pois bem, chegamos a Paris por volta da hora do almoço. Ficamos em um hotel mais afastado do centro, então assim que chegamos, não vimos o “glamour” de Paris, o que me decepcionou um pouco. Depois de fazer o check-in, tomar um merecido banho e descansar uns minutinhos, fomos dar uma volta nos arredores. Como eu disse antes, nada de glamour. Mas entramos numa galeria e encontramos varias coisas: supermercado, Mc Donalds, Sephora e um lugarzinho bem agradável chamado Paul, onde vendia as famosas baguetes, croissants e macarons (tudo por um preço amigo). Provei a baguete, e devo dizer: que coisa deliciosa! Uma comida tão simples, mas com um toque especial… Não sei se é o pão, se são os frios, não importa, era muito bom! Mais tarde acabamos descobrindo que essa tal de “Paul” é muito famosa não só em Paris, mas em outros locais europeus.

 

Imagem

Foto da Paul (procurei no google mesmo).

Imagem

Sim queridos, tudo isso é queijo! Vontade de morar nesse supermercado.

 

Depois de matar nossa fome, voltamos ao hotel para conhecer nosso grupo (estávamos de excursão), que era composto por brasileiros, argentinos, chilenos… Ou seja, nossa guia falava “portunhol”, o que devo admitir que me incomodava muito, mas fazer o que? Depois de apresentações e mais apresentações, fomos fazer o primeiro passeio da viagem: Paris iluminada.

 

Como todos devem saber, Paris tem muitas denominações, e uma das mais famosas é Cidade Luz. E gente… Esse nome não é a toa! O passeio era para mostrar exatamente isso: Paris ao anoitecer e suas luzes maravilhosas. Fizemos um tour de ônibus pelos pontos turísticos, parando em alguns para poder admirar e tirar fotos. O mais legal de tudo é que todos esses pontos são iluminados de uma forma esplêndida, o que dá a tal fama da cidade.

Passamos pelo Arco do Triunfo, pela Champs-Élysées, Place de la Concorde, imediações do Rio Sena, entre outros lugares que eu esqueci o nome (já passaram quase 2 meses, não me julguem!)… E o ponto final, adivinhem? Torre Eiffel! Fomos a um lugar chamado Trocadero, diante ao rio Sena e com uma vista incrível da torre! Não é a toa que o lugar estava lotado de turistas e vendedores de souvenirs (ps: eles perseguiam a gente, não to brincando). Trocadero é uma espécie de grande praça onde abriga o Palacio de Chaillot (que antigamente era o Ancien Palais du Trocadéro). A sensação de ver a torre, ainda mais iluminada, é indescritível. Todos nos sabemos que não passa de uma estrutura de ferro, mas acreditem em mim: é maravilhoso. E o mais legal de tudo é que, em certos horários, a torre começa a piscar e fica por uns bons minutos, rendendo vários “ohhhhh” dos turistas! Hahahaha. Eu também tive a sorte de ver isso acontecendo em outro dia na primeira vez em que ela acende, às 18h. Ela pisca toda e depois permanece acesa (no primeiro dia ela já estava acesa, piscou às 22h, e depois continuou acesa). Depois de muitas fotos e suspiros, voltamos para o ônibus direto para o hotel.

Imagem

Esse lindo nem precisa de legenda né?

Imagem

Eu me sentindo uma francesa só porque estava de boina na Champs-Élysées.

Imagem

Imagem

A torre enquanto piscava ❤ (ta meio tortinha, eu sei)

Imagem

Uma roda rigante na Place de la Concorde (vulgo Praça da Concórdia).

Imagem

Imagem

 

Assim encerra o primeiro dia, nem preciso dizer que capotamos depois né? Ah, um detalhe que deixei para o final: o frio. Depois de passar vários dias torrando aqui no Brasil, aquele frio era praticamente uma benção! Não chegou a nevar nenhum dia da viagem, mas pegamos de 0 a 10 graus todos os dias. Eu amei, afinal, sou apaixonada pelo frio ❤ hahaha Bom gente, o primeiro dia foi curto, mas no próximo post terá muito mais! Au revoir, mon ami!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s